Ferramentas e guia para prestadores de serviço de cabeamento de redes e instaladores de redes | Fluke Networks

 

Os prestadores de serviços de cabeamento de redes e instaladores, os profissionais que são responsáveis por projetar, instalar e certificar redes de cabos estruturadas para o seus clientes, estão enfrentando desafios enormes e também encontram oportunidades enormes no mercado de hoje. Diversas tendências estão tendo um impacto dramático nas redes e nos papéis destes profissionais, que são encarregados do planejamento e implantação de redes para organizações.

Categoria 8

O cabeamento de categoria 8 foi projetado para operar a 2 GHz e, se alguém não estiver familiarizado com a instalação e o teste de cabo blindado, agora é uma boa hora de começar a aprender. A boa notícia para os instaladores é que os sistemas da categoria 8 usarão o conector RJ45 já conhecido. Embora a aplicação tenha como objetivo ser um link permanente de 24 metros com dois cabos de equipamento (3 metros) em cada extremidade, a norma também incluirá alguns fatores de desclassificação para cabos de equipamento com medidas diferentes.

Redes sem fio

Obviamente, esse sistema de cabeamento precisa ser testado em campo. É por isso que foi aprovada a norma ANSI/TIA-1183-1, que define os métodos de medição e teste em testes de laboratório da categoria 8. Isso foi o que abriu caminho para as normas de teste em campo da categoria 8. As normas atuais TIA-1152 para testes em campo, que dão suporte à série de padrões TIA 568, incluíram uma versão 1152-A para testes 2G em campo - 2G se refere ao nível de precisão e recebeu esse nome devido à necessidade de testar a categoria 8 a 2 GHz.

Se você está familiarizado com os níveis de precisão para as categorias de cabo anteriores (ou seja, Nível III para a categoria 6 e Nível IIIe para a categoria 6A), você pode estar se perguntando por que o nível seguinte não é Nível IV. Isso ocorre porque os níveis de precisão de Nível IV e Nível V já existem nas normas ISO/IEC para cabos Classe F e Classe FA. A norma TIA-1152-A foi aprovada para publicação no final de 2016




Fibra óptica

Uma outra tendência é o uso da fibra óptica nas instalações da empresa. Muitas organizações estão instalando fibra já que a demanda de largura de banda continua a aumentar. De acordo com um relatório da Global Industry Analysts Inc. (GIA) sobre o mercado de componentes de fibra óptica, projeta-se que o mercado global para componentes de fibra alcance US$ 42 bilhões até 2017. O crescimento será impulsionado pela demanda crescente por largura de banda e consequente necessidade de banda larga à base de fibra, assim como pelo forte crescimento da internet móvel, além de outros fatores, diz a firma.

Muitas organizações estão preparando-se para a transmissão de 100 gigabit por fibra, e isto vai envolver o uso de conectores de fibra "Push-on" (MPO). Os conetores MPO são novos para muitos instaladores de cabo e para usuários finais, portanto haverá uma curva de aprendizagem envolvida. Com MPO, há mais oportunidades para erros nas conexões, porque a tecnologia é muito mais complexa. Leia mais sobre a tecnologia MPO aqui

Os contratados também estão enfrentando mudanças na maneira como certos Data Centers estão sendo projetados e construídos, porque mais organizações estão se movendo para um modelo de computação em nuvem. Muitas empresas confiarão em um ambiente híbrido de nuvem que consiste em uma infraestrutura de nuvem privada e serviços públicos de nuvem.

Melhores práticas - terceirizados e instaladores

Para preparar-se para este ambiente de rede em rápida mudança, os contratados e os instaladores devem obter a experiência e o treinamento de que precisam para atender os requisitos em constante desenvolvimento dos clientes.

Treinamento para certificação de técnico de teste de cabos (CCTT)

Os terceirizados precisam treinar e certificar seus funcionários para continuarem competitivos na instalação e certificação de sistemas estruturados de cabeamento de alta velocidade. Investir no treinamento de dois dias da Fluke Networks, Certified Cabling Test Technician™ (CCTT), e no programa de certificação, melhorará não somente as habilidades dos seus instaladores, mas também sua eficácia e produtividade no trabalho de teste, certificação e resolução de problemas nos sistemas de cabos.

O curso CCTT da Fluke Networks consiste em dois dias, cada um composto por três partes: treinamento em sala de aula, laboratórios práticos e exercícios de exame/certificação.

www.flukenetworks.com/cctt

Vídeos de treinamento on-line

Estes vídeos fornecem treinamento básico para a família completa Versiv. Para cada produto, um conjunto de vídeos abrange os seguintes tópicos:

  • Tirando da caixa - o que vem com o produto e o que fazer com ele
  • Configurando um teste
  • Executando um teste
  • Economia e gestão de resultados (usando LinkWare™ PC e LinkWare™ Live)

Cada vídeo tem de três a dez minutos de duração. A série completa de vídeos totaliza cerca de duas horas e vinte minutos.

www.youtube.com/FlukeNetworksVideo

Blog de crônicas sobre cabeamento

Descubra as novidades no mundo dos padrões e testes com artigos escritos pelos especialistas da Fluke Networks.

www.flukenetworks.com/blog/cabling-chronicles

Base de conhecimento

Aproveite ao máximo seu investimento na Fluke Networks com dicas e truques, mais atualizações de produto, da nossa equipe de especialistas de suporte.

www.flukenetworks.com/knowledge-base

Eventos de treinamento ao vivo

Saiba mais sobre nossos webcasts, workshops, shows e outros eventos ao vivo.

www.flukenetworks.com/news-events

Saiba mais sobre as soluções - terceirizados e instaladores

Um número de soluções no mercado podem ajudar contratados e os instaladores a atacarem os desafios de uma paisagem em constante mudança representada pelos trabalhos em rede.

Versiv: Sistema de certificação de cabeamento da Fluke Networks.

Certificar um cabo é uma das partes do processo que começa com o projeto do sistema e termina com a aceitação do sistema. Quanto mais rápido concluir o processo, mais rentável ele será. Infelizmente, há diversos fatores que reduzem a velocidade do processo - testar com os limites errados, esperar técnicos experientes para configurar ou solucionar falhas e resultados incompletos. Uma pesquisa da Fluke Networks demonstra que mais de 90% de contratados relatam lidar com problemas relacionados a configurações, testes e relatórios todos os meses. Isto pode acumular até uma semana de trabalho perdido em uma queda de produtividade típica de 1.000. O Versiv é projetado para erradicar estes problemas. O Sistema ProjX™ gerencia requisitos de trabalho e seu progresso, desde a configuração até a aceitação dos sistemas, assegurando que todos os testes sejam concluídos corretamente. A interface de usuário Taptive™ simplifica a configuração, elimina erros e acelera a resolução de problemas. O serviço em nuvem LinkWare Live proporciona o controle de todo o processo: você pode configurar e monitorar seus testadores e inspecionar os resultados a partir de qualquer dispositivo móvel enquanto a tarefa estiver em andamento. Ele ainda permite que você faça o upload e integre os resultados de vários testadores em vários locais de trabalho de modo que você possa gerar rapidamente relatórios com o padrão "de facto" do setor, o LinkWare PC. Elimine os problemas e obtenha a aceitação do sistema mais rapidamente com o Versiv - e ganhe dinheiro cada vez que usá-lo.

Outra oferta da Fluke Networks, o LinkWare PC, oferece aos profissionais de rede a capacidade de gerenciar dados de resultados de testes provenientes de vários testadores com um aplicativo. Isto torna mais simples a configuração dos projetos, ajudando-os a rapidamente organizar, editar, ver, imprimir, salvar ou arquivar resultados dos testes por local, cliente, campus ou prédio. Você pode intercalar resultados de testes em um banco de dados LinkWare já existente e então classificar, pesquisar e organizar os resultados por campos de dados ou parâmetros. Todos os dados transferidos para o seu computador com o LinkWare garantem que os resultados que você armazena sejam provenientes da memória dos testadores.

O MultiFiber Pro Optical Power Meter and Light Source da Fluke Networks é o primeiro testador de troncos de fibra MPO do setor que valida o desempenho de todas as 12 fibras do tronco em um único teste e reduz o tempo de teste em quase 95%. Os troncos da fibra de MPO são a chave para os data centers de alta velocidade com 10 Gbps, 40 Gbps e 100 Gbps - o segmento que cresce mais rápido na indústria. Demora uma média de 6,5 minutos para configurar e testar cada uma das
12 fibras em um tronco de MPO, mas o MultiFiber Pro reduz o tempo em aproximadamente 20 segundos (14 segundos para configurar, seis segundos para testar). Para um data center normal com 1.600 troncos de MPO, o testador MultiFiber Pro pode economizar aos contratados mais de 155 horas de trabalho e USD$17.000 em custos, supondo-se uma média salarial de USD$55.

O OptiFiber Pro OTDR da Fluke Networks é o primeiro OTDR criado do zero para o teste de fibra corporativa. O OptiFiber Pro tem o objetivo de reduzir custos e, ao mesmo tempo, aumentar a produtividade e aprimorar a confiabilidade da rede.

Tem a única interface de telefone inteligente da indústria. A configuração do OTDR em Datacenters elimina a incerteza e os erros que ocorrem quando ocorrer algum teste de fibra de datacenters. Suas zonas neutras ultracurtas possibilitam testes de cabos de conexão de fibra em data centers virtualizados.

Recursos relacionados

A Fluke Networks fornece muitos recursos para ajudar nossos clientes a resolver os desafios que encontram (Guia dos Instaladores Contratados). Alguns exigem um registro simples. Veja uma lista completa dos Webcasts, Resumos técnicos e notas de aplicativos para outros tópicos.

Resumos técnicos:

10 Erros bobos
Embora qualquer um que instale, teste e certifique uma instalação de cabeamento de rede saiba a importância do cumprimento dos parâmetros de desempenho das normas e da garantia do suporte a aplicativos, até mesmo o melhor de nós pode cometer erros que podem afetar negativamente o resultado e a satisfação do cliente.
Pôster: Métodos de teste de certificação de par trançado
O cartaz delineia os padrões de teste do cabo para o link permanente de cobre, protegido, da Cat 5e, Cat 6 e Cat 6A, cabo patch e métodos de teste da certificação do canal. Ele inclui uma visão geral de quando usar cada teste e diagramas detalhados, ilustrando a metodologia e os testadores necessários para executar com precisão a certificação.
Guia de bolso das melhores práticas de teste de cabeamento de cobre
O Guia de Práticas Recomendadas para Teste de Cobre foi criado para você levar em seu smartphone ou tablet e fornece informações críticas para sistemas estruturados de cabeamento,
Certified Cabling Test Technician™ (CCTT) Treinamento
Você precisa certificar e treinar seus funcionários de hoje para que sejam competitivos na instalação e certificação de sistemas estruturados de cabeamento de alta velocidade. Investir no treinamento Fluke Networks Certified Cabling Test Technician™ (CCTT), de dois dias, e no programa de certificação melhorará não somente as habilidades do instalador, mas igualmente sua eficácia e produtividade no trabalho de teste, certificação e resolução de problemas nos sistemas de cabos.
Seis razões pelas quais a certificação do cabo é muito importante
A agitação econômica está dando uma nova perspectiva ao valor dos serviços usados pelos departamentos de TI. Entre eles estão os serviços usados para distribuir e manter a infraestrutura da rede de empresas. A infraestrutura inclui cabeamento de cobre e de fibra, e é o alicerce da rede. Este documento identifica os vantagens específicas oferecidas pela certificação do cabeamento e o valor que representa para o proprietário da rede.

 

Recursos externos:

Open DeviceNet Vendors Association (ODVA)
Uma associação global cujos membros consistem nas principais empresas de automação do mundo. A missão de ODVA é avançar informações e tecnologias de comunicação abertas e interoperáveis na automatização industrial.

 

Soluções do produto:

DSX CableAnalyzer™ Series
Acelera cada etapa do processo de certificação de cobre
Conjunto de testes de perda óptica CertiFiber® Pro
 

Acelera cada etapa do processo de certificação de cobre
OptiFiber® Pro OTDR
O OptiFiber Pro é o primeiro OTDR criado especialmente para testes de fibra óptica em empresas. O OptiFiber Pro tem o objetivo de reduzir custos e, ao mesmo tempo, aumentar a produtividade e aprimorar a confiabilidade da rede.
FI-7000 FiberInspector™ Pro
Certificação automatizada APROVAÇÃO/REPROVAÇÃO de 1 segundo das terminações dos conectores das fibras óticas.
LinkWare™ Live – Serviço de gerenciamento de certificação e teste de cabo de cobre/fibra
LinkWare Live é um serviço baseado em nuvem que permite que você gerencie trabalhos de certificação a qualquer momento, em qualquer lugar, com qualquer pessoa e em qualquer dispositivo.

 

 
 
 
Powered By OneLink