WHITE PAPER

Desmistificando os métodos de teste de fibra – de volta às origens

25 de outubro de 2017

Baixar PDF

Visão geral

Os métodos utilizados para medir a atenuação da fibra ótica instalada, com um medidor de fonte/potência de luz (LSPM) estão bem documentados em muitos padrões. Alguns descrevem como testar um link. Alguns descrevem como testar um canal. Atenuações de link e de canal são medidas usando os procedimentos especificados em vários padrões (veja tabela 1). Com freqüência, métodos de teste, especialmente para casos especiais, podem ser confusos. O objetivo deste artigo é ajudar a esclarecer como e quando usar os vários métodos de teste.

CONFIGURAÇÕES DE CABEAMENTO

As configurações de cabeamento podem assumir essas formas conhecidas:

  • Adaptadores ou soquetes em ambas as extremidades do cabeamento
  • Plugues em ambas as extremidades do cabeamento
  • Plug on one end, adapter on the other end of the cabling
  • Plugs on both ends of the cabling using equipment cords

Existem cinco métodos exclusivos de teste que podem ser usados para testar as quatro configurações de cabeamento:

  • Método de um cabo
  • Método de dois cabos
  • Método de três cabos
  • Método aprimorado de três cabos
  • Método de cabo do equipamento ou canal

The one-cord method is used for permanent link testing and calls for the launch cord to be attached directly to the power meter for the reference and assumes the power meter has an interchangeable adapter. É usado quando o cabeamento sob teste tem adaptadores ou soquetes em ambas as extremidades do cabo. O método de um cabo sempre é o método preferencial, quando possível, porque tem a menor incerteza de medição.

The two-cord method is used for permanent link testing and can be used for two cabling configurations. Primeiro, quando há plugues em ambas as extremidades do cabo. E segundo, quando há um plugue na extremidade de um cabo e um adaptador na outra extremidade. O método de dois cabos mede essencialmente o cabeamento, mas apenas uma conexão na extremidade.

O método de três cabos exclui a atenuação de ambas as conexões para o cabeamento sob teste. Pode ser usado quando tranças são emendadas nas extremidades do cabo e diretamente ligadas ao equipamento de transmissão. Esse método também pode ser usado para teste de canal, quando métodos melhores não forem práticos.

O método aprimorado de três cabos inclui a atenuação de ambas as conexões para o cabeamento em teste e pode ser usado para medições de link. This method can be used for permanent link measurements when the connectors on each end of the cabling are different from each other, making the one-cord method difficult.

O método de teste do cabo/canal do equipamento é usado quando os cabos do equipamento são instalados em ambas as extremidades do cabo e estão aguardando a conexão a equipamentos de transmissão. Este método é usado para medidas de atenuação do canal. Este método tem incerteza menor do que o método de três cabos, mas pode ser mais difícil de usar.

A tabela 1 resume os padrões conhecidos de medição de atenuação para cabeamento instalado de fibra ótica, seus métodos de teste e, mais importante, quando devem ser usados. Um estudo cuidadoso da tabela irá revelar sobreposição entre as normas. O único método de teste que é especificado em um único padrão é o método aprimorado do três cabos.

Métodos de ensaio definidos pelos padrões
Padrão Métodos de teste Quando usados Comentário
TIA-526-14-C, adaption of IEC 61280-4-1, edition 2 Um cabo Required test method for links when adapters are attached to plugs or sockets at both ends of the cabling.  
Dois cabos Método de teste exigido para links com conectores mistos em ambas as extremidades do cabo, onde uma extremidade é terminada com um adaptador e a outra extremidade é terminada com um plugue  
Três cabos Método de teste exigido para links com plugues em ambas as extremidades do cabo.  
IEC 61280-4-1, edition 3 in revision Um cabo Método de teste exigido para link quando os adaptadores estão anexados a plugues ou a soquetes, em ambas as extremidades do cabo. Assumes the connector on the power meter is compatible with the cabling under test into which the launch cable is connected (power meter has interchangeable adapter).
Dois cabos Required test method for links that have plugs on both ends of the cabling; Required test method for links with mixed connectors on both ends of the cabling, where one end is terminated with an adapter and the other end is terminated with a plug  
Três cabos Teste de link como método alternativo para os métodos de um e três cabos, e do cabo do equipamento.  
Cabo do equipamento Required test method for links with plugs on both ends of the cabling utilizing equipment cords Em grande parte, uma variação do método de um cabo.
TIA-526-7, adoção de IEC 61280-4-2, edição 2 Um cabo Método de teste exigido para link quando os adaptadores estão anexados a plugues ou a soquetes, em ambas as extremidades do cabo. Straight adoption, no adaptation so contents from IEC 61280-4-2 are the same.
Dois cabos Método de teste exigido para links com conectores mistos em ambas as extremidades do cabo, onde uma extremidade é terminada com um adaptador e a outra extremidade é terminada com um plugue
Três cabos Método de teste exigido para links com plugues em ambas as extremidades do cabo.
TIA-568.3-D Conforme especificado na TIA 526-7 e TIA 526-14. Teste de canal que deve usar o método de três cabos, como definidos pelas normas IEC, não o teste padrão ISO/IEC. One-cord method is preferred for both multimode and single-mode links.
ISO/IEC 14763-3, edição 2 Um cabo Atenuação do link quando o cabeamento sob teste tem a mesma interface que o medidor de potência; mede o link permanente. Amendment in process
Três cabos aprimorado Atenuação de linl quando o cabeamento sob teste tem conectores diferentes em cada ponta do cabeamento; mede o link permanente.
Canal Atenuação de canal usando cabos de equipamentos (cliente) exclui conexões aos equipamentos (transceptores); mede o canal.
ARINC 805 Um cabo para multimodo e monomodo Método de teste exigido Based on TIA-526-7 (SM) and TIA-526-14 (MM)

 

Permanent link test includes the attenuation of both connections on each end of the cabling under test. Channel test does not include that connection attenuation between the equipment cord and transceiver.

MÉTODO DE UM CABO

a. Define uma referência entre a fonte de luz e o medidor de potência, usando o cabo de lançamento (veja a figura 3).

Figura 3. Definir a referência

 

a. Conecte um cabo ao medidor de potência.

b. Anexe o cabo de lançamento e o outro cabo ao cabeamento em teste (ver figura 4).

c. Make the measurement and compare to the reference measurement

Figura 4. Meça a atenuação do cabeamento e as conexões A e B

MÉTODO DE DOIS CABOS

a. Define uma referência entre a fonte de luz e o medidor de potência, usando o cabo de lançamento e outro cabo (veja a figura 5).

Figura 5. Definir a referência

 

b. Faça a medição e compare com a medição de referência (veja a figura 6a e a figura 6b).

c. Para o caso 2, um cabo adaptador se torna parte do cabo de lançamento (veja a figura 6b)

Figura 6a. Meça a atenuação para o caso 1 (plugue adaptador e plugue nas extremidades do cabeamento)

 

 

Figura 6b. Meça a atenuação para o caso 2 (ambas as extremidades do cabeamento têm soquetes)

MÉTODO DE TRÊS CABOS

a. Define uma referência entre a fonte de luz e o medidor de potência, usando o cabo de lançamento e outro cabo (veja a figura 7).

Figura 7. Definir a referência

 

a. Remova o cabo de substituição e substitua com o cabeamento sob teste.

b. Faça a medição e compare com a medição de referência (veja a figura 8).

Figura 8. Mede a atenuação

MÉTODO APRIMORADO DE TRÊS CABOS

a. Define uma referência entre a fonte de luz e o medidor de potência, usando o cabo de lançamento (veja a figura 9).

Figura 9. Defina a referência usando o método de um cabo

 

a. Adicione outro cabo para o medidor de potência e um cabo de substituição entre o cabo de lançamento e o outro cabo, e verifique se há conexões de baixa perda, tais como 0,4 dB para monomodo (veja a figura 10).

Figura 10. Verifique as conexões de baixa perda

 

a. Remova o cabo de substituição e substitua com o cabeamento sob teste.

b. Mede a atenuação do cabeamento e compara com a referência (ver figura 11).

Figura 11. Mede a atenuação

MÉTODO DE TESTE DO CABO DO EQUIPAMENTO E CANAL

a. Define a referência usando o cabo de lançamento e o primeiro cabo de equipamento ligado à fonte de luz (ver figura 12).

Figura 12. Definir a referência

 

a. Adicione o segundo cabo do equipamento ao medidor de potência.

b. Conecte os cabos do equipamento ao cabeamento e meça a atenuação (ver figura 13).

Figura 13. Mede a atenuação

Resumo

Compreender a diferença entre um link permanente e o canal pode ser um desafio e saber qual método de teste a aplicar é confuso, especialmente para as configurações híbridas. Entender tais configurações híbridas e como testá-las é um benefício para instaladores. Há muitos padrões disponíveis para testes, mas padrões também se sobrepõem aos métodos de teste. A tabela 1 fornece uma útil estrutura das várias normais, qual método de ensaio deve ser usado e qual método deve ser aplicado com base na configuração de cabeamento. Embora existam outros métodos de teste disponíveis, a Fluke Networks continua a recomendar o método de um cabo para todos os testes.